quarta-feira, fevereiro 04, 2015

Site brasileiro mostra Lisboa

O site brasileiro de turismo Pure Viagem recomenda Lisboa aos seus visitantes e, não querendo que lhes falte nada, recomenda o que não podem perder numa cidade «rica em personalidade, cores e monumentos históricos, com céu azul o ano inteiro e noites agitadas».
E aí está, para começar a conhecer e compreender Lisboa, o primeiro monumento a visitar, o Mosteiro dos Jerónimos e o Convento do Carmo, exemplos da «união do passado com o presente» da cidade. E depois, é seguir o itinerário:
Torre de Belém: património mundial da UNESCO desde 1983, a Torre, localizada na margem direita do rio Tejo, está aberta ao público todos os dias, excepto às segundas, das 10h às 18h30 com entradas a € 6. Do terraço da Torre tem-se uma vista privilegiada sobre o rio e sobre a zona de Belém: Mosteiro dos Jerónimos, Padrão dos Descobrimentos, Centro Cultural de Belém, Museus dos Coches e da Electricidade.
Deslocando-se de Belém para o centro da cidade, o visitante não deverá perder, na zona do Chiado, a Igreja de São Roque e o Bairro. A está situada no Largo Trindade Coelho, ao Bairro Alto. É essencial entrar na Igreja, recomenda o site brasileiro, com toda a razão. O interior é riquíssimo, composto por uma única nave, uma capela-mor e mais oito capelas laterais, de estilo barroco, decoradas em talha dourada.
Junto à Igreja de São Roque, o antiquíssimo Bairro Alto «é conhecido por ser o bairro da boémia, contando com diversos bares e restaurantes», escreve o site Pure Viagem, acrescentando: «Este é o local perfeito para saborear um bom bacalhau e tomar um vinho do Douro, ouvindo belos fados portugueses. Vá sem medo: actualmente é um bairro seguro».
Imperdível é a Praça do Comércio, à qual o site brasileiro chama  «a mais bela praça de Lisboa», também conhecida como Terreiro do Paço, e já foi, em outros tempos, a principal entrada marítima de Portugal. O Arco da Rua Augusta dá acesso a uma das principais áreas de comércio da cidade. Se quiser aproveitar para descansar, aproveite a esplanada dono Martinho da Arcada, café frequentado em tempos por Fernando Pessoa.
Siga a visita. Para oriente tem, na zona da Graça, o Miradouro da Senhora do Monte: «Lisboa aos seus pés!», exclama o site brasileiro: a foz do Tejo e o Mar da Palha, o Castelo de São Jorge, o Vale da Avenida Almirante Reis.
Mais a oriente da cidade, o site recomenda o Museu Nacional do Azulejo. Situado no antigo Convento da Madre de Deus, este é um singular museu dedicado a uma das mais importantes expressões artísticas de Portugal: o azulejo.
Na nova cidade do Parque das Nações, a visita privilegia o Oceanário: uma viagem por habitats distintos, simbolizando os diferentes oceanos da Terra. Ao centro, num aquário de 1.000 metros quadrados, convivem pacificamente cerca de 100 espécies de vários recantos do planeta.
De todo o itinerário da visita a Lisboa proposta por Pure Viagem, o ponto mais surpreendente será o Estádio da Luz. Localizado em São Domingos de Benfica, é a casa de um dos maiores clubes de futebol de Portugal, o Benfica. O site recomenda-o porque é moderno, tem área comercial, restaurantes, estacionamento próprio e um Museu.
Ficou a conhecer Lisboa? Gostou da visita? Tem autocarros e Metro para o aeroporto. 
Boa viagem. Volte sempre. 

Sem comentários:

Enviar um comentário